Massagem nas costas

Sou Obrigado a Colocar Preço nos Produtos e Serviços Divulgados na Internet? Entenda! 

Sim e Não muitas vezes, vou explicar por quê....

  • Facebook
  • Instagram

Uma pergunta que não se cala! Nos meus produtos ou serviços por lei devo indicar o preço? Sim, e não, vou dizer por que!

As pessoas querem rapidez hoje em dia ainda mais com o acesso fácil a internet e busca fácil a algum produto ou serviço, e ter que aguardar alguém responder o valor de um produto pode fazer com que a pessoa perca o interesse. E muitos acabam procurando "seus direitos". Como empresário gostaria de adentrar num assunto bem importante que vale para empresas e também para clientes, afinal também sou cliente e essa informação é para mim também.

 

Há casos em que não é possível indicar o preço. E isso ocorre principalmente em serviços que precisem de informações individualizadas para que seja possível enviar um orçamento.

 

Por exemplo num atendimento de massagem, com drenagem linfática, tem que fazer uma avaliação do cliente, não de cara passar valor, para ver se terá que fazer um pacote, sem tem problemas de saúde, ou só uma massagem basta, tem que fazer uma análise de que tipo de cliente é, como vai colocar preço de cara? não tem como!

 

Isso ocorre, por exemplo, com alguns tratamentos estéticos e trabalhos de arquitetos. Só é possível saber o preço de uma reforma por exemplo, após fazer uma análise do que quero não concorda?.

 

Além disso, há profissões reguladas por conselhos profissionais que não permitem a indicação de preços em sites e redes sociais.

 

Por isso, cada caso deve ser analisado individualmente.

 

Atenção Cliente e Empresários, nem tudo é "processo" ah vou procurar meus direitos. Chega disso, vamos ter bom senso.. Se uma empresa te chama para fazer um orçamento e solicita que seja pelo whats, aceite, ele vai te passar o valor ele não está negando, apenas quer te passar um serviço diferente, te dar mais atenção. Agora se ele se nega passar o preço, é outra situação, dai sim tu tem razão, saia fora, ou troque de fornecedor, prestador de serviço.

 

Agora para os empresários, se o cliente te pede o valor, passa... não discuta, infelizmente não terá o valor analisado ou promoção é fato, ele só busca valor, pois se eu estou interessado em algum produto ou serviço, não busco apenas valor, mas sim, qualidade, valor não é preço gente... Preço é $$$$ dinheiro, valor é "QUALIDADE". Busque isso atrelado ao preço.

 

Contudo, não restam dúvidas de que os vendedores devem ficar atentos às regras de proteção aos consumidores a fim de não agirem de forma ilegal. E clientes tenham bom senso, nem tudo é ponta de faca, sejam coerentes, pois um dia também vocês terão que vender algo, e também serão de alguma forma um prestador de serviço algum dia.

 

Ass Gilberto Zitkoski